MPPB constata que Município de Cabedelo não implantou coleta seletiva do lixo

O Município de Cabedelo (a 20 quilômetros da capital) está descumprindo a decisão judicial que determinou a implantação da coleta seletiva dos resíduos sólidos na cidade, através de programas de reciclagem de materiais, compostagem do lixo orgânico e campanhas de educação ambiental.   O promotor de Justiça do Meio Ambiente de Cabedelo, Valério Bronzeado, disse que vai comunicar o fato à juíza da 3a Vara de Cabedelo, Andréa Gonçalves Lopes Lins. Segundo ele, o descumprimento da decisão judicial poderá resultar na aplicação da multa diária ao município e no pedido de afastamento do prefeito José Maria de Lucena Filho, conhecido como “Luceninha” (do PMDB).

0 comentários:

Messina Palmeira

©2011 Messina Palmeira - assessoria jornalística | Web Designer by Danniel Sousa