Versão nordestina do filme americano Conduzindo Miss Daisy


No filme estadunidense Driving Miss Daisy (Conduzindo Miss Daisy (título no Brasil)), uma senhora idosa, após sofrer acidente doméstico que a impede de dirigir, é obrigada pelo filho a conviver com um motorista negro, contratado para serví-la. No começo Miss Daisy recusa o novo empregado, mas com a convivência as barreiras sociais, culturais e raciais, que existem entre eles acaba e nasce uma grande amizade.
Na versão nordestina, uma boneca, talvez abandonada pela antiga dona, é levada como se fosse uma carranca do rio São Francisco, por um homem que recolhe papelões e outras coisas nas ruas da capital paraibana.

0 comentários:

Messina Palmeira

©2011 Messina Palmeira - assessoria jornalística | Web Designer by Danniel Sousa